Opinião: teimosia do Diniz pode custar título brasileiro ao São Paulo

Foto: Divulgação

O São Paulo foi humilhado em pleno Morumbi diante do Internacional na noite desta quarta-feira (20). O duelo que valia a liderança deixou o time gaúcho na primeira colocação com a goleada de 5×1. Yuri Alberto foi o destaque da partida marcando três gols.

Essa goleada era uma tragédia anunciada. Contra o Corinthians perdeu só de 1×0 porque o time alvinegro desperdiçou muitas chances. Tomou de quatro do Red Bull Bragantino e agora não teve como escapar e tomou pela primeira vez na história, cinco gols no Morumbi.

A maioria dos gols do Inter saíram em saídas de bolas erradas do São Paulo. Aliás, 90% dos gols sofridos pela equipe com o comando de Fernando Diniz foram desse jeito: Volpi sai jogando com algum atleta, que por sua vez, erra o passe e deixa o adversário na cara do gol e não perdoa.

Tentar sair “jogando bonito” como o Barcelona é interessante. Mas o time tem que ter qualidade para isso como tinha o time espanhol com o Guardiola. Mesmo sabendo que esse erro está dificultando a vida do São Paulo no campeonato, Fernando Diniz segue arriscando nesse tipo de jogada. Ele não se importa, não muda o estilo de jogo da equipe.

Em todas às equipes que Diniz fez isso (de tentar sair jogando bonito) não deu certo, exceto no Audax quando ele ganhou duas Copas Paulistas. Fluminense, Athletico Paranaense, por exemplo, demitiram o treinador. Viram que ele é teimoso e que vai continuar abraçado nisso e para não perder a temporada foram em busca de outro profissional. O Athletico mesmo depois que o Diniz saiu, foi Campeão da Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Talvez, essa é a única solução para o São Paulo se quiser conquistar o Campeonato Brasileiro. Demitir o Diniz. Ele já demonstrou que com ele o time vai jogar assim. Vai continuar dando os gols para os adversários.

Como diz o velho ditado: Errar é humano, repetir o mesmo é burrice.

Deixe uma resposta