Opinião: Teich assumiu o ministério sabendo das posições de Bolsonaro

Foto: Carolina Antunes/PR

Quando Bolsonaro demitiu Mandetta e trouxe Teich, ele ouviu as opiniões do ex-ministro e, somente por isso, o colocou no cargo. Com a saída, dá a impressão que o médico só quis ter o gostinho de ser ministro por um tempo e queimar o governo.

Teich, em seu primeiro dia, disse que não havia discussão entre medicina e economia, discurso totalmente alinhado ao do presidente, que não mudou desde então. Se Teich pensava de outra forma, se tinha outro posicionamento – o que é válido, já cada um tem sua opinião – por que assumiu o cargo?

Deixe uma resposta