Opinião: ricos, jogadores de futebol ainda querem extra por futebol aos domingos

Foto: Divulgação

O Corinthians foi processado pelo ex-jogador Paulo André e vai pagar R$ 750 mil. O ex-zagueiro atuou pela equipe alvinegra entre 2009 a 2014.

Na ação que moveu em 2014, Paulo André acusou o clube paulista de descumprir diversas obrigações trabalhistas, entre as quais o não pagamento dobrado pelo trabalho prestado aos domingos e feriados e adicional noturno pelo fato de ter jogado à noite.

Já o ex-jogador do São Paulo, Maicon, tomou a mesma atitude contra o Tricolor do Morumbi.

Essas atitudes são bizarras. Todos sempre jogaram à noite e no fim de semana. Todos sabem que se quiser ser jogador de futebol, joga fim de semana, à noite e que praticamente não tem vida social.

Quando vencem jogos, conquistam títulos, os atletas recebem bicho, premiações milionárias, e claro, isso eles não reclamam.

Quero ver se Paulo André e Maicon vão processar os outros clubes onde eles atuaram pelo mesmo motivo. Caso contrário, isso será perseguição.

 

Deixe uma resposta