Opinião: a vergonha da Ancine

Me causa estranheza a decisão da Justiça obrigando Jair a retomar o edital para produção de ações bancadas com dinheiro público envolvendo todo tipo de pauta.

Eu, particularmente, não tenho nada contra a vida de ninguém e acredito que a sexualidade é pessoal de cada um. No entanto, dinheiro público não é pra esse tipo de programação.

Não se deve gastar com pauta hétero, pauta gay ou nenhuma pauta no momento. O Brasil está sem dinheiro e há outras formas de levar cultura à população sem que haja um gasto absurdo do nosso dinheiro onde a ampla maioria da população sequer terá acesso.

Deixe uma resposta