O ministro que contradiz a presidente

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Gilberto Carvalho, secretário geral da Presidência que é considerado o interlocutor do Governo com os movimentos sociais de invasores de terras e prédios, deu uma declaração ontem que acabou com a teoria dos petistas e assessores de petistas que declaravam que as vaias contra Dilma partiram da elite branca.

Estas declarações de Gilberto, que foi o homem que impediu que os manifestantes de sem teto cercassem o Itaquerão no dia do jogo do Brasil, são feitas pelo mais lulista dos ministros.

Gilberto também parece ser da ideia de que Dilma, se não mudar muita coisa, já era.

O discurso de Gilberto, petista e lulista, é mais forte que tudo que Aécio falou ou deveria ter falado.

Quando um próprio petista lulista é mais eficiente que um oposicionista, alguma coisa está errada ou certa demais.

Claro que nem deve ser real mas a ideia que deu esta declaração é que a derrota de Dilma interessa e muito a Lula pra ele poder fazer guerrilha na oposição e tentar voltar ao poder em breve.

Declaração de Gilberto

“Me permitam, pessoal, no Itaquerão não tinha só elite branca não. Não fui pro jogo, mas estive ao lado [do Itaquerão], numa escola (…), fui e voltei de metrô. Não tinha só elite no metrô. Tinha muito moleque gritando palavrão dentro do metrô que não tinha nada a ver com elite branca”, afirmou Carvalho durante encontro com ativistas e blogueiros de esquerda no Palácio do Planalto.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

 

Deixe uma resposta