O “flexível” interesse de Cafú na seleção

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ontem escrevi nesta coluna que o jogador Cafu jamais foi expulso do vestiário da seleção do jeito que ele fez a mídia acreditar.

Hoje leio na coluna de Sonia Racy que Cafu queria porque queria que Marin liberasse a ele o valor de 84 milhões de reais pra que ele, Cafu, fizesse escolas de futebol ao redor do mundo e Marin se negou a isto.

Parece que o interesse de Cafu pela seleção é bastante flexível.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta