O Estatuto que serve a criança, o adolescente e ao bandido

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Quando um grupo de pessoas criou o ECA Estatuto de Criança e Adolescente, o objetivo era proteger as crianças carentes ou que sofressem violência de adultos.

A intenção foi excelente.

Então os bandidos adultos começaram a usar a lei pra assaltar e matar colocando os menores pra fazer o crime.

Neste momento o Congresso deveria ter tido vergonha suficiente pra mudar a lei.

A lei foi feita pra proteger menor que sofre carência familiar ou social, violência familiar ou social e não pra proteger criminoso.

E este detalhe poderia sim ser alterado pelo Congresso.

Mas isto se o Congresso tivesse a intenção real de proteger menores carentes e a sociedade em geral.

No momento em que o Congresso mantém o que agride a sociedade, no momento em que o Congresso deixa tudo acontecer, neste momento o Congresso é cúmplice do crime que campeia no Brasil através de uso de menores que matam e dão risada da cara da Polícia por saberem que são intocáveis sendo menores.

Um Congresso destes a gente não pode levar a sério.

Jamais nenhum dos congressistas ao menos tentou mudar o ECA ao menos pra demonstrar que tentou proteger a sociedade.

Pior é que um menor preso e guardado no instituto do estatal, custa aos cofres 7 mil reais.

Exatamente 7 mil reais por cada menor é o custo.

Com este dinheiro o leitor mora num flat de bom padrão, almoça e janta todo dia em restaurante e ainda sobra dinheiro.

Algo está errado.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br