O descaso com o espectador no “Jogo Aberto” da Band

visaotv

Impressionante a capacidade da Band (ou a falta dela) em transformar um programa com duas horas de duração em algo tão curto e mal aproveitado. O “Jogo Aberto”, programa esportivo diário com boa audiência deveria ser melhor aproveitado pela emissora.

O boletim começa com uma chamada extremamente longa, e, no final dela, a apresentadora já chama o primeiro intervalo. Depois, eles se repetem constantemente, todos com duração média de impressionantes 6 minutos, algo extremamente desanimador e desagradável. E pior, são religiosamente veiculados após um merchandising, ou seja, sempre que existir anúncio de algum produto, em seguida, vem o break. O espectador, nada bobo, já sabe disso e antes mesmo do merchan, obviamente troca de canal, fazendo com que os anunciantes da atração gastem dinheiro à toa. Tanto se reclama do tempo de bola rolando em uma partida de futebol que tem 90 minutos, onde o jogo mesmo dura 50 0u 55 minutos, mas para efeito de comparação, o esportivo não fica atrás: não passa de uma hora de programa, de fato – ocupando duas na grade de programação. Atenção, Bandeirantes: dinheiro não é tudo!

Denilson e Renata Fan brincando durante o programa / Foto: Divulgação - Band
Denilson e Renata Fan brincando durante o programa / Foto: Divulgação – Band

No que tange aos integrantes, são todos bons, embora falte um especialista em arbitragem, que poderia ser o Godoy, tanto Renata Fan (apresentadora fixa), quanto Patrícia Maldonado ou Paloma Tocci (folguistas), são boas no comando. Os comentaristas, também não ficam para trás, destacando especialmente Paulo Roberto Martins, sempre mais contido e lúcido e Denilson, brincalhão e dono de um carisma único. No mais, de quando em vez alguma forçação de barra desnecessária para cravar um barraco ou um parcialismo muito grande, especialmente de Renata, que pode ser contornado.

Entende-se que o programa tem uma veia cômica muito forte, lembrando o Debate Bola, apresentado por Milton Neves no início dos anos 2000 na TV Record. É o diferencial e deve ser sim, explorado ao máximo. Todavia, às vezes, não entende-se o que se fala, porque todo mundo quer falar ao mesmo tempo e vira uma baderna. Por fim, por que será que a apresentadora e Denilson entram às 11h e os demais somente às 12:30? Permanecendo somente meia-hora no ar – descontando mais dois comerciais de 6 minutos – 18 minutos. 

A Band tem uma série de talentos em mãos, e, como sempre, pouco sabe aproveitar. Faz isso com Bacci, fez isso com Claudete, com Silvio Luiz, com humoristas do “CQC” e agora desperdiça um de seus melhores produtos. Uma pena!

@LucasCanosa – BDI

Mande seu e-mail para Lucas Canosa : lucascanosa@bastidoresdainformacao.com.br

One thought on “O descaso com o espectador no “Jogo Aberto” da Band

  1. penso eu que este programa tem tudo pra ser o melhor da tv mas eles perdem muito tempo com merchan e discutindo o mesmo assunto por muito tempo parace mais um programa de humor do que de esportes

Deixe uma resposta