O cemitério de Cerejeiras

lendas do universo

Reza a lenda que há muitos anos atrás o terreno que hoje pertence ao Cemitério das Cerejeiras era uma fazenda de uma família muito católica . O dono desta fazenda era conhecido como Viúvo Pedro e possuía uma filha chamada Ana , que era muito bonita : com seus olhos azuis e cabelos castanhos .

Um certo dia , o sítio ao lado desta fazenda foi vendido para uma família de japoneses , entre estes orientais havia um rapaz chamado Kobayashi . Logo os japoneses encheram a chácara de hortas , pomares e muitas cerejeiras pela área . No meio daquela propriedade eles construíram um templo oriental e na entrada desta igreja colocaram um Buda dourado .

cemiterio cerejeiras

Uma vez Ana estava passeando perto do sítio dos japoneses e ficou parada admirando as cerejeiras . Quando , de repente , Kobayashi foi cumprimenta – la e os dois passaram a conversar . No meio do papo , a donzela disse :
– Que flores bonitas têm estas árvores que vocês plantaram !
O japonês comentou :
– São cerejeiras .
– Quer uma muda para você ?
A moça falou :
– Quero , sim !
– Quando eu morrer desejo ser enterrada dentro de uma árvore , de preferência uma cerejeira , como as sacerdotisas européias .
A partir daquele instante os dois iniciaram um romance . Porém numa certa noite , o pai da dama viu o namoro do casal e gritou :
– O que é isto ?!
– Ana , não aceito que você namore pessoas de religião diferente da nossa !
– Eles tem até um Buda no quintal !
– Estes hereges !
– Eu ,também , mandarei cortar todas as cerejeiras que estão em nossas propriedades !
– Agora você ficará de castigo no quarto !

Um mês depois Ana combinou de fugir , pela madrugada , com seu amado para se casarem de acordo com a religião de Kobayashi . Então ela colocou um vestido de noiva e em cima vestiu uma capa negra com capuz . Deste jeito a moça andou em direção ao sítio do amado . Porém , naquele momento , seu pai escutou um barulho , pegou um rifle e deu tiros no casal . Quando ele retirou o capuz daquela pessoa , percebeu que tratava – se de sua filha e suicidou – se . Reza a lenda que Pedro foi enterrado num cemitério . Porém a donzela e o namorado foram sepultados dentro dos troncos de cerejeiras daquela chácara .

Alguns anos depois um empresário comprou os terrenos que eram da família de Pedro e dos orientais . Desta maneira surgiu o Cemitério das Cerejeiras .

Em 2009 uma menina Cíntia estava naquele cemitério para assistir ao sepultamento de sua avó . Mas ela decidiu passear no campo – santo antes de cerimônia começar . De repente ela avistou uma noiva loira caminhando pelo local que desapareceu no tronco de uma cerejeira . A menina assustada saiu correndo e voltou ao local do sepultamento da sua vovó . Mais tarde ela comentou o episódio com sua mãe , que explicou :
– Há uma lenda de uma noiva loira que foi sepultada numa cerejeira , deste cemitério , e dizem que sua alma ainda vaga por aquele campo – santo . Então , já em casa , a garota entrou no computador , digitou o endereço virtual do campo – santo das Cerejeiras , que possui câmeras on –line 24 horas disponíveis aos Internautas , e , novamente , ela viu uma noiva loira sumindo no tronco de uma daquelas árvores .

Luciana do Rocio Mallon / @lucianadorocio

“Lendas do Universo”, toda sexta-feira, às 20 horas, no BDI.

O livro da autora 

Mande seu e-mail para Luciana : lucianadorocio@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta