O banqueiro e a delação contra o esquema petista

José Carlos Bumlai, amigo de Lula / Foto: Veja
José Carlos Bumlai, amigo de Lula / Foto: Veja

A Folha trouxe o depoimento do dono do Banco Schain, Salin Schain que contou em delação premiada que perdoou dívida milionária do PT pelo contrato de 1,6 bilhões.
O banqueiro conta que negociou com o amigo de Lula, José Carlos Bumlai, e que Bumlai teria garantido que Lula estava dando apoio.

Esta delação precisa ser aceita por Moro pra ter validade.

Mas apenas o fato do banqueiro Schain ter falado o que falou e ter perdoado uma dívida imensa da campanha de 2006 de Lula já é suficiente pra uma porção de coisas.

Deixe uma resposta