O aniversário de um simpático estádio em São Paulo

Efaneu Nolasco Godinho (bandeira do Canguera), presidente da Câmara José Antonio Sanches Dias (São Roque), prefeito Mário Luiz Campos de Oliveira (Brasil), Laudo Natel (São Paulo) e Donaldo Lopes (Federação Paulista)
Efaneu Nolasco Godinho (bandeira do Canguera), presidente da Câmara José Antonio Sanches Dias (São Roque), prefeito Mário Luiz Campos de Oliveira (Brasil), Laudo Natel (São Paulo) e Donaldo Lopes (Federação Paulista)

O estádio Zito Godinho do Canguera Futebol Clube foi inaugurado no dia 21 de agosto de 1988. Um domingo inesquecível para o futebol de São Roque e região. Foram disputadas várias partidas preliminares até o jogo principal entre os aspirantes do São Bento de Sorocaba e São Paulo válido pelo Torneio Eduardo José Farah. O Tricolor seria o campeão em uma final contra o Juventus nos dias 14 e 18 de dezembro.

A programação começou por volta das 8 da manhã com o futebol feminino quando a neblina cobria o estádio e o gramado estava molhado pelo sereno. As meninas de Canguera ganharam da Carambella por 8 a 0.

 Na sequência os veteranos de Canguera e Grêmio União Sanroquense empataram por 1 a 1. Valter abriu o placar para os donos da casa e Risso empatou para o GUS em uma bela cobrança de falta. Canguera e Seleção de São Roque ficaram no empate sem gols. No final da manhã, o Paulistano jogou pelo Campeonato Paulista da Terceira Divisão.

Tive a felicidade de narrar esses jogos em um trabalho de fôlego da N&T In Vídeo Produções com os comentários de Rodolfo de Lucca Júnior e as reportagens de Carlos Mello. Na parte técnica André Luiz Boccato (Neco), Lothar Lenk, Hélio Faria, Celso Mello e Eduardo Vianna Costa.

Na cerimônia oficial presença do ex-governador Laudo Natel, prefeito Mário Luiz Campos de Oliveira (PMDB), presidente da Câmara José Antonio Sanches Dias (PTB) e o presidente do Canguera Efaneu Nolasco Godinho. Sanches era candidato a prefeito na eleição marcada para novembro e tinha como vice o vereador Mauro de Góes. A eleição foi vencida por Zito Garcia (PMDB) com o vice Antonio Carlos Pereira Rios (PMDB).

A festa contou com a banda Lyra Unense (Ibiúna), hasteamento de bandeiras e coreografia com crianças quando o time do São Paulo já batia bola no gramado. Laudo Natel recebeu um cartão de prata do Canguera no intervalo da partida entre São Bento e São Paulo.

O registro da N&T In Vídeo é um documento histórico, mas foram grandes a dificuldades encontradas por nossa equipe. Efaneu acertou a gravação e depois não queria efetuar o pagamento, alegando que ele tinha promovido um grande espetáculo que o merecia o registro sem custo.

Primeiro ele não cumpria a palavra do compromisso assumido e depois ignorava todo o custo de produção que em parte foi coberto por quatro patrocinadores: Casa Oliveira Pinto, Mercadinho Godinho e Rodrigues (Canguera), Vinhos Palmeiras e Gibson Store. Foi preciso que o Carlos Mello ameaçasse encher um carrinho de compras no Supermercado São Roque até completar o valor da gravação. Finalmente houve o acerto e ocorreu o pagamento.

A Rádio Universal de São Roque transmitiu as partidas com Wladimir Agmont, reportagens de Carlos Roberto dos Santos (Pardo) e técnica externa de Antonio Pereira de Souza (Toninho Capeta). As rádios Bandeirantes, Globo e Record mandaram repórteres para informar o jogo do São Paulo. Vieram a São Roque o consagrado Roberto Silva, o Olho Vivo da Bandeirantes, e Oswaldo Luís (Globo). Era um período de preparação para o Campeonato Brasileiro que começou no dia 2 de setembro. O Campeonato Paulista tinha terminado no dia 31 de julho quando o Corinthians ganhou o título em cima d Guarani com o gol decisivo do menino Viola.

Vídeo da inauguração:

 

vander - site  Você pode ler mais textos de Vander Luiz, inclusive sobre o estádio,      acessando o site vanderluiz.com.br

Escreva: vanderluiz@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta