Nintendo anuncia interrupção de vendas de jogos e videogames no Brasil

 

 

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Uma das empresas que mais fazem sucesso no mercado de games (e já há muito tempo), a Nintendo anunciou na sexta-feira (09) que não irá mais vender produtos oficiais no Brasil. A empresa revelou o porquê da decisão, mas a única coisa que sabemos é: vai deixar saudades…

Segundo a marca, a Gaming do Brasil, que nos últimos quatro anos foi o canal de vendas de games e consoles da empresa japonesa no país, não irá mais importar os produtos da Nintendo. A GB foi responsável por trazer às lojas games como “Mario Kart 8”, “The Legend of Zelda: A Link Between Worlds”, “Donkey Kong Country: Tropical Freeze” e “Super Smash Bros.”, para Wii U.

De acordo com a Nintendo, a venda oficial de cartuchos, discos e consoles continuará até os itens em estoque se esgotarem nas lojas. Os digitais continuarão a ser comercializados no país pelo portátil 3DS, já que a loja eShop não tem uma versão nacional no Wii U.

O diretor e gerente geral para a América Latina da Nintendo of America, Bill van Zyll, explicou o motivo. “O Brasil é um mercado importante para a Nintendo e lar de muitos fãs apaixonados mas, infelizmente, desafios no ambiente local de negócios fizeram nosso modelo de distribuição atual no país insustentável. Os desafios incluem as altas tarifas sobre importação que se aplicam ao nosso setor e a nossa decisão de não ter uma operação de fabricação local”, disse em nota.

“Trabalhando junto com a Juegos de Video Latinoamérica, iremos monitorar a evolução do ambiente de negócios e avaliar a melhor maneira de servir nossos fãs brasileiros no futuro”, completou o comunicado.

Deixe uma resposta