“Não gosto de menina padrãozinho”, revela João Guilherme no Programa Raul Gil deste sábado

(Crédito: Rodrigo Belentani/SBT)

No programa deste sábado, 19 de agosto, Raul Gil recebe João Guilherme Ávila no quadro “Elas Querem Saber”, que responde questões feitas por Val Marchiori, Thammy Miranda, Ciça Camargo e Lola Melnick. João falou de seu novo papel na novela “As Aventuras de Poliana”, a expectativa de contracenar com a ex-namorada, contou como é o relacionamento com o pai Leonardo e como anda a vida de solteiro. Ao final do quadro, João canta “Ela” e “Tudo é Você”.
Confira algumas frases do quadro:
“A Larissa era super tranquila com ciúmes. Eu tenho 15 anos e tenho algo que ainda estou construindo. Tenho muito o que crescer, tenho outros focos além de namorar. Porque quando a gente namora, tem que dar o máximo de atenção para o nosso amorzinho” (se o ciúmes foi o estopim para o fim do namoro)
“Eu tenho outros focos, outras coisas para fazer. Tenho que dar atenção para alguns amorzinhos” (brinca sobre relacionamento)
“Não sou ciumento” (sobre os relacionamentos)
“A gente ficou um tempão sem se ver por conta da proximidade. Acabou a novela, que era o que deixava a gente mais próximo” (se ainda manteve contato após o termino do namoro com a ex-namorada Larissa)
“Está tranquilo. Ela está gente boa comigo e eu sou gente boa com ela” (sobre a convivência com a ex-namorada nos bastidores do novo trabalho que farão juntos)
“A gente separou porque achava que tinha que separar” (sobre o fim do relacionamento com Larissa)
“O ex pode acontecer de voltar, mas eu não acho porque hoje estabeleceu uma relação de amizade e profissionalismo. A gente tem isso, somos amigos agora” (sobre Larissa Manoela)
“Sou uma pessoa peculiar, gosto de meninas diferentes. Não gosto de menina padrãozinho. Acho muito bonito as meninas de cabelo rosa” (sobre sua preferência da aparência feminina)
“Eu gosto de ser solteiro e gosto de namorar. Acho que é muito gostoso” (se prefere namorar ou estar solteiro)
“Meu pai sempre me apoiou muito, ele adora que eu cante” (sobre seu pai – o cantor Leonardo)
“O pessoal espera muito da gente por conta do nosso pai” (sobre a expectativa dos fãs com ele e seus irmãos)
“Quando Pedro, meu irmão, sofreu o acidente, tudo que meu pai não ficou presente na nossa vida inteira, em dois dias, ele estava lá. A partir desse dia mesmo, a nossa relação mudou para sempre, da família inteira. Foi o momento que a gente se aproximou muito, foi uma conexão na família muito grande” (sobre a presença do pai quando o irmão Pedro sofreu o acidente)
“Quero levar a carreira para minha vida, que não seja passageiro” (sonho que quer realizar).

Deixe uma resposta