Na Série A em 2018, Inter vai sofrer se não mudar sua forma de jogar

Foto: Ricardo Duarte/SCI)

O Internacional venceu o Brasil de Pelotas por 1×0 no Beira-Rio e se isolou na liderança na Série B. O time gaúcho vai conquistar o acesso sem nenhuma dificuldades.

O que me preocupa é a atuação da equipe. O Inter joga pro gasto na segundona. Tecnicamente o time foi mal em quase todos os jogos. Aproveita as fragilidades dos adversários e vence, com maioria dos gols em jogadas aéreas.

Sabem qual é a diferença entre o futebol colorado do ano passado para esse ano? Nenhuma. Zero. Em 2016 as jogadas eram tudo na base do famoso “chuveirinho” e o time se deu mal. Nesse ano na Série B é a mesma coisa e vem tendo sucesso porque os adversários são fracos, nem isso conseguem fazer.

Caso o Internacional não mudar seu jeito de jogar no ano que vem, os torcedores vão sofrer bastante, porque os times da Série A são bem mais competitivos que os times da Série B, e só chuveirinhos para William Pottker e Leandro Damião não vai resolver os problemas. Repito: o time não mudou nada em um ano a maneira de jogar.