Mundial de Vôlei: Brasil cresce na hora certa e vence Turquia de virada: 3 a 2

brasil-turquia-vol-jaqueline-fivb2
(Foto: Divulgação / FIVB)

As três primeiras vitórias tranquilas do Brasil no Mundial da Itália, todas por 3 sets a 0, não iludiram o treinador José Roberto Guimarães. Ele sabia que o quarto desafio era contra a Turquia, última equipe a vencer a seleção brasileira, no Grand Prix deste ano. O motivo de tanta preocupação ficou claro logo quando o jogo começou. As jogadas de bolas altas pela ponta das turcas complicaram as brasileiras. No momento decisivo, porém, a seleção cresceu no ginásio do Palatrieste, em Trieste. De virada, o time bicampeão olímpico levou a melhor por 3 a 2, com parciais de 17/25, 22/25, 25/19, 25/21 e 15/10, e garantiu a invencibilidade brasileira na competição.

– Foi um jogo extremamente difícil. Achei nosso time muito desatento no primeiro set. É um jogo que encaixa com o nosso. Já tivemos várias dificuldades, e os mesmos problemas com a Turquia. A gente sabia que seria um jogo muito difícil – disse Zé Roberto. 

A maior pontuadora da partida foi a turca Gozde Sonsirma, com 19 pontos, seguida de Neriman Ozsoy, com 18. Fabiana, com 17, foi a melhor brasileira em quadra. Jaqueline anotou 16. O Brasil volta a jogar neste domingo, às 15h (de Brasília), contra a seleção da Sérvia.

Com quatro vitórias e 100% de aproveitamento em Trieste, Brasil e Sérvia lideram o Grupo B com 11 pontos cada. Bulgária aparece em terceiro, com 6, e Turquia, em quatro, com 5. Canadá, com 3, e Camarões, sem pontuar, completam a chave.

Deixe uma resposta