Mundial de Basquete: Brasil vence a Sérvia e se classifica para segunda fase

000_dv1858212
(Foto: AFP)

O começo de jogo indicava um atropelamento do Brasil sobre a Sérvia nesta quarta-feira, no Palacio de Deportes de Granada. Consistente e com o controle total da partida, o time de Rubén Magnano realizou seu melhor primeiro tempo nesta Copa do Mundo da Espanha. A defesa voltou a ser muita intensa, os arremessos de quadra caíam de tudo quanto era jeito, e os lances livres, também. A vantagem, que chegou a ser de 18 pontos, foi para o vestiário em 16. Porém, o vento que soprava a favor dos sul-americanos mudou de direção no terceiro quarto e com uma parcial de 32 a 12, os rivais viraram. Quando a derrota era iminente, a equipe verde e amarela tirou forças de onde não aparentava mais ter e, com grande recuperação psicológica e atuação decisiva de Marquinhos no quarto final, venceu por 81 a 73 (48 a 32). A terceira vitória na competição garante a classificação às oitavas de final, que serão disputadas em Madrid.

– Sabíamos que seria um jogo muito difícil, mas tivemos a felicidade de meter muita bola no primeiro tempo. Viemos para o segundo tempo com a mesma proposta defensiva, mas eles também tiveram um excelente aproveitamento nas bolas de três. Apostamos na nossa defesa no último quarto e conseguimos nos recuperar e vencer – disse Marquinhos, cestinha da partida com 21 pontos,18 deles em cestas de três, ao SporTV.

Além de Marquinhos, que acertou seis bolas de três em nove tentativas, Leandrinho contribuiu com 16 pontos. Varejão sobressaiu com nove rebotes, dois a mais que Tiago Splitter, autor ainda de 10 pontos e seis assistências. Pelo lado sérvio, Teodosic deu muito trabalho, anotando 14 pontos e cinco assistências.

Com três vitórias e uma derrota, o Brasil precisa ganhar do lanterna Egito nesta quinta-feira para confirmar a segunda colocação do Grupo A, posição que leva o time para o confronto contra o terceiro colocado do Grupo B nas oitavas. A disputa está embolada, e o adversário deve sair entre Argentina, Grécia, Senegal e Croácia.

Escalações

Brasil: Leandrinho (16), Tiago Splitter (10), Marquinhos (21), Varejão (4), Huertas (6); Entraram: Nenê (7), Alex (6), Hettsheimeir (0), Giovannoni (7), Larry (2), Raulzinho (2)

Sérvia: Raduljica (11), Markovic (10), Bogdanovic (8), Bjelica (8), Stimac (2); Entraram: Teodosic (14), Bircevic (8), Simonovic (3), Jovic (2), N. Krstic (7),

Deixe uma resposta