Morre o sambista Barbeirinho do Jacarezinho

Barbeirinho (o primeiro), ao lado de Marcos Diniz e Luiz Grande, o Trio Calafrio / Foto: Reprodução

O ano de 2017 não está sendo fácil para os amantes do samba. Após o AVC de Arlindo Cruz, que segue internado no Rio de Janeiro e as mortes de Almir Guineto, Wilson das Neves, Chiquinho Vírgula, Ataulpho Alves Junior e Luiz Grande, foi confirmada na tarde deste domingo, 17, a parada cardiorrespiratória que definiu o adeus de Barbeirinho do Jacarezinho. Ele estava internado no Hospital Salgado Filho com quadro de morte cerebral desde a última sexta, 14.

Conhecido pela irreverência e compositor de grandes sucessos interpretados por Zeca Pagodinho e Bezerra da Silva, Barbeirinho era integrante do Trio Calafrio, ao lado de Marcos Diniz e do próprio Luiz Grande, além de campeão de enredos da Unidos do Jacarezinho, escola do bairro que o sambista carregava no nome. 

As principais composições de Carlos Alberto Ferreira César, de 67 anos, foram “Caviar”, “Dona Esponja”, “Sequestraram minha sogra”, entre outras. As informações são da assessoria de Barbeirinho, através de nota oficial no Facebook.

Trio Calafrio canta sucessos no Quintal do Pagodinho, lançado em 2012: