Mônica Bérgamo consegue o melhor furo de reportagem durante a Copa do Mundo

Foto: Divulgação Folha
Foto: Divulgação Folha

Nesta segunda, a Folha mostrou a reportagem mais importante da Copa, que aconteceu ontem nos bastidores do poder de verdade.

Com acesso à área V Vip, onde estavam chefes de Estado e a nenhum jornalista era permitida a entrada, Mônica mostrou aos leitores tudo que ali acontecia e os diálogos entre Putin, Merkel e Dilma.

O detalhe mais curioso foi a quantidade de taças de champanhe que Merkel tomava no começo e intervalo do jogo.

A força de Dilma pra não demonstrar que torcia pra Alemanha e a frieza clássica de Putin também não passaram a seco pela jornalista que demonstrou ontem e hoje ser a maior repórter dos jornais brasileiros.

Nada é sem querer e a capacidade de Mônica, uma batalhadora até os 48 minutos do segundo tempo, sempre foi sua arma pra conquistar espaços e demonstrar sua competência sendo atualmente sem nenhuma dúvida a maior colunista brasileira.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta