Ministro comunista quer intervir no futebol

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O ministro comunista Aldo Rebelo, aquinhoado com o ministério dos esportes, quer aproveitar a polêmica da goleada que o Brasil levou pra sair da mídia no papel de salvador da pátria.

Nos moldes da União Soviética, que era uma ditadura comunista que escravizava seu povo, Aldo Rebelo quer que o governo crie leis pra intervir diretamente na CBF.

Não tem nenhum caso na república petista, cada dia mais comunista, em que o governo tenha sido bom administrador em qualquer das empresas estatais.

Vamos lembrar do caso Petrobras apenas pra dar um detalhe do quanto o governo perde quando põe a mão em alguma coisa.

Vamos lembrar, também, que o governo Dilma, a quem Aldo Rebelo serve, deu milhões de dólares pra fazer um porto de primeiro mundo na ilha comunista de Cuba enquanto os portos brasileiros estão sucateados dificultando a exportação.

Talvez Aldo Rebelo queira, na continuidade do governo comunista, apossar-se dos recursos da CBF, que são recursos privados, pra mandar pra Cuba e quem sabe construir novos campos de futebol na ilha comunista.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta