Minas se impõe, bate o Rio de Janeiro e empata série semifinal

(Foto: Alexandre Arruda/Divulgação Rexona-Sesc)

A facilidade do encontro anterior sugeria uma noite tranquila no ginásio do Tijuca. Do outro lado, porém, havia um time ferido. Minas não tinha a menor intenção de abrir as portas de vez para o Rio rumo à final. Sob o comando de Naiane. 

Rosamaria, tão provocada pela torcida, e Destinee Hooker, pancada atrás de pancada, quiseram mostrar que tinham condições de parar as rivais.

Ao ignorar a pressão da arquibancada carioca, o time mineiro mostrou força diante do maior favorito: venceu por 3 sets a 1, parciais 25/22, 25/21, 21/15 e 25/19, e igualou a série semifinal da Superliga. 

Deixe uma resposta