Militar preso não cometeu crime algum

Foto: Reprodução

Uma excelente entrevista do Almirante Othon, ex presidente da Eletronuclear, feita por Mônica Bérgamo pra Folha mostra que o Almirante foi condenado por algo que sequer existiu.
A única prova contra Othon foi ter recebido 4,5 milhões.
Mas ele provou que este dinheiro nada mais foi que um recebimento de um trabalho anterior de consultoria a uma empreiteira quando ele sequer era presidente da Eletronuclear.
Aconteceu com ele o mesmo que aconteceu com Henrique Meirelles que recebeu centenas de milhões da JBS.
Meirelles contou que fez um trabalho de consultoria de criação do Banco da JBS e recebeu muita grana.
Mas Meirelles sequer foi acusado.
E as acusações de delação contra Othon foram feitas pela empresa que ele não beneficiou quando era presidente.
Mas parece que queriam prender um militar.
Enquanto isto Lula está livre agora.

Deixe uma resposta