Mick Schumacher celebra estreia na F1

Foto: Mark Thompson / Getty Images

Mick Schumacher fez no domingo sua estreia na Fórmula 1. Filho do heptacampeão mundial Michael Schumacher, o piloto alemão de 22 anos guiou a Haas a uma 16ª posição no GP do Bahrein, vencido por Lewis Hamilton. Apesar de ter ficado longe do top 10, ele aprovou o primeiro passo na principal categoria do automobilismo.

– No geral, sinto que aprendi muito e espero ser capaz de converter isso em algo positivo para a próxima corrida. Eu diria que fiquei 90% feliz e 10% não – avaliou.

Campeão da Fórmula 2 na última temporada, Mick teve desempenho bem melhor do que o companheiro de equipe Nikita Mazepin durante todo o fim de semana. O calouro russo sequer completou uma volta no GP do Bahrein. Rodou e bateu. Schumacher também chegou a rodar, mas continuou na pista. Foi o único ponto que desagradou o alemão.

– Felizmente o carro ainda estava dirigível, tudo estava bem, então eu pude seguir em frente e continuar a construir minha experiência durante o fim de semana de corrida. Obviamente, depois disso, passei pelo C3 e pelo C2, que me senti muito bem. Foi uma pena que eu não estivesse no bolo para pelo menos tentar estar perto dos caras por algumas voltas. Felizmente, passei por coisas como bandeiras azuis e alcancei o Nicholas (Latifi), então pude sentir como era seguir um carro de perto e ter DRS – contou o piloto.

A segunda etapa da Fórmula 1 está prevista para o dia 18 de abril, em Imola, na Itália. Vai ser o GP Emilia Romagna.

Deixe uma resposta