Metade das espécies de árvores do mundo estão ameaçadas, diz ONU

Estudo da ONU analisou morte de árvores da Floresta Amazônia (Foto: Divulgação/UEA)
Estudo da ONU analisou morte de árvores da Floresta Amazônia (Foto: Divulgação/UEA)

Cerca de 50% das espécies florestais do planeta está em risco devido a agricultura e as mudanças climáticas, especialmente no Brasil, segundo relatório da ONU divulgado nesta terça-feira (3).

Ainda de acordo com o documento, além do Brasil, as florestas de Indonésia e Nigéria estão encolhendo rapidamente “As florestas fornecem alimento, bens e serviços que são essenciais para a sobrevivência e o bem-estar de toda a humanidade”, explicou, em um comunicado, o diretor de silvicultura da FAO, Eduardo Rojas-Briales.

Os dez países que perderam mais cobertura florestal entre 1990 e 2010 foram Brasil, Indonésia, Nigéria, Tanzânia, Zimbábue, República Democrática do Congo, Birmânia, Bolívia, Venezuela e Austrália, destacou o documento.

“Todos esses benefícios dependem de salvaguardar o rico estoque da diversidade genética das florestas do mundo, que está em risco crescente”, prosseguiu.

Metade das espécies florestais do mundo está em risco por causa da agricultura e das mudanças climáticas, especialmente no Brasil, alertou a ONU nesta terça-feira (3), ao pedir uma “ação urgente” para administrá-los melhor.

 

Deixe uma resposta