Mesmo classificado para às quartas de final da Libertadores, Roger Machado lamenta às críticas sofridas nas redes sociais

Foto: Alexandre Durão

Mesmo o Fluminense vencendo o Cerro Porteno por 1×0 no Maracanã e garantindo a vaga para as quartas de final da Libertadores, o técnico Roger  Machado não está 100% à vontade. Em suas respostas na entrevista coletiva após o jogo, deixou transparecer um incômodo diante dos muitos questionamentos sobre a queda de rendimento do time. 

– Não esperamos o adversário no nosso campo. Ele que buscou nos envolver porque tinha a dificuldade e a diferença no placar. Fizemos um jogo duro, quem passa para essa fase não tem facilidade. Vencemos os dois confrontos, o resultado no agregado foi 3 a 0. Não dá para imaginar que nessa fase vamos dominar sempre. Acho que fizemos um bom jogo e nos classificamos com mérito. Gostaria de poder comemorar um pouquinho a classificação, saborear um pouco essa passagem que para a gente é muito importante. Mas ainda precisamos explicar como as coisas acontecem dentro de campo. Aconteceram da forma como imaginávamos, jogo duro onde passamos com virtudes.

Ao ser perguntado se achava as críticas dos torcedores nas redes sociais excessivas, Roger fez um desabafo:

– Acho que o nível de exigência no futebol brasileiro é sempre alto. Torcedor quer que vença e dê sempre espetáculo. Está no seu direito. Mas a gente que trabalha do lado de cá sabe como é difícil estar em três frentes e ser competitivo. Trabalho há 30 anos no futebol e a avaliação definitiva do jogador é só depois que ele para, e a do treinador é só depois que ele morre. Porque ao longo da trajetória, ora vai ser competente e ora incompetente de acordo com os resultados. Não tem nada de errado, mas faz parte de como as coisas funcionam no nosso meio.

O primeiro jogo das quartas de final será na semana que vem, quando o Fluminense receberá o Barcelona de Guayaquil na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. A partida de volta no Equador será no dia 19, no mesmo horário, no Monumental de Barcelona.

Deixe uma resposta