Massa e Bottas admitem que circuito húngaro “não é perfeito” para Williams

452382202
(Foto: Getty Images)

Um circuito travado e de retas curtas. Hungaroring não favorece muito os carros da Williams, que detêm o potente motor Mercedes, mas não possuem um conjunto tão afiado quanto o da escuderia alemã, que domina a temporada 2014. O reflexo pôde ser visto nos treinos livres desta sexta-feira. Depois de três etapas despontando como segunda força no grid, a equipe inglesa viu Felipe Massa ficar em 10º nas duas atividades e Valtteri Bottas ser 15º em uma e 8º na outra. O discurso da dupla confirmou a expectativa de um fim de semana duro para o time, com forte concorrência da RBR e da Ferrari.

– Eu diria que talvez seja uma pista um pouco mais difícil para nós. Não é perfeita para nós. Mas vamos ver amanhã. Após o treino classificatório teremos certeza de onde estaremos – reconheceu Massa, que testou um novo aerofólio dianteiro.

Vindo de três pódios consecutivos, Bottas concordou. Perguntado se acredita que a Williams tem boas chances de superar RBR e Ferrari como nas provas anteriores, ele disse:

– Sabemos que aqui será mais difícil. Será uma corrida muito apertada. Mas o objetivo do fim de semana é este. Sabemos que não será fácil como em outros circuitos, mas temos que almejar isso – completou o finlandês.

Deixe uma resposta