Marco Feliciano será investigado por preconceito

Marco Feliciano terá que se explicar ao STF / Foto: Divulgação
Marco Feliciano terá que se explicar ao STF / Foto: Divulgação

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, autorizou a abertura de inquérito a fim de apurar se o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) cometeu preconceito de religião ao dizer que profetizava “o sepultamento dos pais de santo” e o “fechamento de terreiros de macumba”.

O ex-presidente da Comissão dos direitos humanos já foi alvo de inúmeras críticas pelo seu posicionamento polêmico em relação aos homossexuais. Feliciano deve ser ouvido em um prazo de até 30 dias para prestar explicações.

 

Deixe uma resposta