Luxemburgo poupa Weverton por falha no gol contra Bahia

Foto: Divulgação – Palmeiras

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, preferiu não expor Weverton publicamente pelo erro cometido aos 49 minutos do segundo tempo no gol que garantiu ao Bahia o empate por 1 a 1, neste sábado, em Salvador.

Ao analisar a atuação da equipe, o treinador disse que o goleiro fez certo ao deixar a meta, após um cruzamento para a área, para socar a bola no meio da área. Marco Antônio pegou a sobra e concluiu para o gol vazio.

– Acho que o Weverton fez certo, socou a bola. E a bola sobrou para um cara deles. Futebol. A equipe tem que estar de cabeça erguida, vamos ter um jogo importante em casa agora contra o Inter, e vamos nos preparar para esse jogo – comentou

O empate saiu quatro minutos depois de Zé Rafael ter feito bela jogada individual e desperdiçado uma grande oportunidade cara a cara com o goleiro do Bahia. Foi o meia, aliás, quem abriu o placar aos 31 minutos do segundo tempo, depois de entrar no lugar de Lucas Lima.

Luxemburgo fez uma crítica coletiva ao time, que, em sua opinião, deveria ter prendido mais a bola para segurar o resultado.

– Depois do gol, faltou segurar um pouquinho mais a bola na frente. Tivemos a chance de fazer o segundo gol, mas faltou ser mais malandro, malandro entre aspas – analisou.

– Nós, no segundo tempo, estivemos mais próximos do segundo gol do que eles do empate, mas acho que poderíamos ter segurado mais a bola na frente para o time sair de trás. Rifamos bolas desnecessárias, mas agora é levantar a cabeça e continuar.

Deixe uma resposta