“Lutaríamos pela vitória”, Massa se decepciona com falha em pit stop e batida

massa_acidente3_blog
(Foto: AFP)

Foi um domingo de fortes emoções para Felipe Massa no GP do Canadá, válido pela sétima etapa da temporada 2014. O ápice foi o susto na última volta quando, ao tentar ultrapassar o quarto colocado Sergio Pérez, chocou-se com o mexicano e acertou com força na barreira de proteção (vídeo ao lado). O piloto da Force India foi considerado culpado pela direção de prova, e punido. Foi o desfecho infeliz em uma prova que o brasileiro teve chances reais de pódio. Ou – devido aos problemas nos carros da Mercedes – até de vitória, não fosse o tempo que Massa perdeu no primeiro pit stop, na volta 15, quando os mecânicos da Williams tiveram dificuldades para retirar a roda dianteira direita em razão de um problema na pistola (vídeo abaixo), o fazendo cair de 5º para 12º:

– Eu era um dos caras mais rápidos na pista, então perdemos muitos pontos importantes. Estou feliz de estar aqui, sem problemas, mas estou muito desapontado com o incidente com Pérez e também com o pit stop, porque acredito que talvez poderíamos ter lutado pela vitória. Mas isso só mostra que temos um bom carro e estou convencido de que a próxima corrida será melhor.

A boa notícia é que, apesar da impressionante batida, Massa não sofreu nada grave. Após a prova, ele e Pérez foram encaminhados para o Hospital Sacre Cour, localizado a 20km do circuito, para a realização de exames. O procedimento é comum e obrigatório em caso de fortes impactos, como o que aconteceu neste domingo. Mesmo deitado na maca do centro médico, Felipe fez questão de publicar uma foto nas redes sociais fazendo sinal positivo e tranquilizando os fãs: “Tudo bem. Exames de rotina!”, escreveu. Uma hora e meia depois do fim da prova, ambos os pilotos tiveram alta do hospital.

Chefe de engenharia e performance da Williams e ex-engenheiro de Felipe Massa na Ferrari, Rob Smedley lamentou muito o acidente que tirou a chance de um bom resultado de Massa.

– É maciçamente decepcionante perder essa posição com Felipe no fim. Parceria que ele passaria por Pérez, mas eles acabaram batendo. Perdemos muitos pontos – disse o dirigente.

Felipe Massa tentará a recuperação no GP da Áustria, no remodelado circuito de Spielberg, no dia 22 de junho.

 

Deixe uma resposta