Livraria Cultura fecha metade de suas lojas em shoppings de São Paulo

Foto: Divulgação

A Livraria Cultura fechou três unidades na última semana, em meio a uma crise financeira que levou a rede a encerrar suas atividades em quatro cidades brasileiras nos últimos meses.

A empresa encerrou suas atividades nos shoppings Villa-Lobos e Bourbon, e no shopping Curitiba, a única na capital do Paraná.

Em São Paulo, isso significa o fechamento de metade das unidades que a rede ainda tinha dentro de shoppings. Continuam ativas as lojas do Iguatemi e do Market Place, que está em reformas.

“Desde março de 2020, devido a todas as restrições impostas pela crise da Covid-19, iniciamos negociações com todos os nossos locadores para que tivéssemos condições comerciais adequadas à nova realidade e pudéssemos manter nossas lojas de maneira sustentável”, informou a empresa em nota. 

A empresa vem enfrentando uma série de crises desde 2016, quando começou a preocupar parte do mercado editorial com indícios de problemas financeiros. Em 2018, após atrasos de pagamento a editores, a livraria entrou com um pedido de recuperação judicial.

Deixe uma resposta