Líderes do Centrão avaliam possível impeachment de Bolsonaro; entenda

Foto: Divulgação

A perda de Bolsonaro para João Doria, na “guerra da vacina” e o caos na saúde em Manaus (AM) fez com que líderes de partidos do Centrão discutam a possibilidade de impeachment do presidente. A morte de diversos pacientes na capital do Amazonas por falta de oxigênio tem evidências de uma omissão federal.

Pesquisas internas de partidos indicam um descontentamento da população com o governo. No entanto, auxiliares do Palácio do Planalto acreditam que um provável sucesso do programa de imunização beneficie Bolsonaro.

Bolsonaro torce pela vitória do deputado Arthur Lira (Progressistas-AL) no comando da Câmara dos Deputados. No entanto, alguns presidentes de partidos do centrão dizem que, mesmo que o parlamentar vença, há chance de ser aberto o processo de impeachment.

Segundo a Folha, um líder do Centrão acredita que um fator determinante para abrir um processo de impeachment seja a queda da popularidade do presidente, que pode acontecer com o fim do auxílio emergencial e a piora na economia.

Deixe uma resposta