Líderes comunistas renegam gays e mulheres estranhas

Os grandes líderes comunistas sempre usaram gays e mulheres estranhas pra combater o capitalismo.
Mas ninguém viu nenhum líder comunista com mulher tatuada, estranha, empoderada, ou coisas parecidas, ou mulheres líderes.
Também temos grandes comunistas que renegavam seu homossexualismo, como é conhecido o caso de Che Guevara que gostava de torturar gays antes de os matar.
Falam tanto de cotas mas ninguém vai achar um negro em posição de liderança em Cuba ou na União Soviética.
Nem me falem da África porque lá o comunismo não é ideologia mas apenas substrato de lutas entre tribos.
As tribos sempre foram de praticidade comunista.
Então agora os comunistas do tipo brasileiro ficam fazendo teatro e jogando negros e gays contra a classe média.
Vejam se Fernando Henrique ou Lula se interessaram por alguma mulher tatuada ou estranha.
Vejam se Fidel Castro foi fotografado ao lado de uma mulher estranha.
Vejam se Putin ou Yestsin algum dia foram fotografados ao lado de mulher estranha.
Vejam se em algum lugar do poder comunista existe algum ativista de minorias politicamente corretas.
Doce ilusão meninas.