Levy Fidelix denuncia urnas eletrônicas

Levy Fidelix garante ter as provas em mãos.
Em 2006, existiam 122 000 000 de votos no Brasil mas o TSE teria processado mais de 255 000 000 de votos das urnas.
Isto justificaria inclusive o fato de Geraldo na disputa com Lula ter menos votos no segundo turno do que teve no primeiro.
Assim poderiam compor os votos que desejassem.
Isto seria mais um escândalo de nunciado.
Não vamos esquecer que o próprio Maduro foi votar nesta urna semana passada na Venezuela e publicamente apareceu que Maduro já tinha votado.
Que coisa fofa.