Leonardo DiCaprio e a causa ambiental

cuidar do verde

Na noite de domingo (28/2), aconteceu a 88ª edição da cerimônia do Oscar em Los Angeles, Califórnia. A premiação que esse ano causou polêmica por não indicar nenhum ator negro ao Oscar também foi marcada pela entrega da estatueta de melhor ator para Leonardo DiCaprio, por sua atuação no filme “O regresso” e seu discurso de vitória.

Após sua premiação, Leo não só agradeceu a todos que colaboraram para que seu sonho se realizasse, como também fez um discurso poderoso a respeito da seriedade do tema aquecimento global. De acordo com Leo, agora é hora de pararmos de procrastinar e começarmos a reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Confira o discurso completo:

Foto: Mario Anzuoni/Reuters

Foto: Mario Anzuoni/Reuters

“O regresso é sobre a relação entre o homem e o mundo natural, um mundo em que nós, coletivamente, sentimos em 2015 como o ano mais quente já registrado. A produção do nosso filme precisou se mudar para a parte sul deste planeta apenas para conseguir encontrar um pouco de neve. As mudanças climáticas são reais e estão acontecendo neste momento. É a ameaça mais urgente que nossa espécie enfrenta, e nós precisamos que o mundo, coletivamente, pare de procrastinar. Nós precisamos apoiar os líderes em todo o mundo, apoiar aqueles que não falam pelos grandes poluidores ou pelas grandes corporações, mas os que falam por toda a humanidade, pelos povos indígenas do mundo, pelas bilhões de pessoas sem privilégios que serão as mais afetadas por isso, pelas crianças das nossas crianças, e pelas pessoas que tiveram suas vozes afogadas pela ganância. Eu agradeço a todos por esse incrível prêmio. Não vamos considerar que nosso planeta já está garantido. Eu não considerei este prêmio como garantido. Muito obrigado.”

Cuidar do Verde, toda quarta-feira, às 13h, no BDI.

Mande seu e-mail para a colunista : samaratenorio@bastidoresdainformacao.com.br