Lenda do fantasma da menina do Carnaval de Veneza

Reza a lenda que, no século dezoito, havia um Carnaval muito bonito em Veneza que virava a madrugada. Nesta cidade existia uma menina chamada Giovana. Sempre quando chegava esta festa, seus pais exclamavam:
– Carnaval não é festa de criança!
– Portanto, nem saia de casa!
Quando Giovana tinha cinco anos, o Carnaval chegou novamente. Então a garota esperou seus pais dormirem e foi ver o desfile às escondidas. Mas cinco homens mascarados perseguiram a garota, cometeram abusos, mataram a pobre e colocaram seu corpo num vagão de trem.
Porém, chegando ao céu, São Pedro disse:
– Como você desobedeceu aos seus pais, não poderá entrar no Paraíso. Por isto ficará no limbo. Mas todo o carnaval seu espírito voltará à Terra para proteger mulheres e crianças de maníacos iguais aos que atacaram a sua pessoa.
Assim o fantasma de Giovana passou a assustar abusadores e a proteger moças e meninas no Carnaval.

Reza a lenda que nos anos 80 a cantora alemã, Sandra Mendes, foi passar o Carnaval em Veneza. Mas antes visitou o cemitério onde viu a foto de uma menina, que foi morta no Carnaval, e que diziam ser santa popular. Quando ela assistiu à festa carnavalesca de madrugada via a mesma garota atrás dela o tempo todo. Dizem que esta criança era Giovana. Impressionada, com tudo o que aconteceu, Sandra compôs a música chamada Little Girl em homenagem à garota.
Claudia, uma ex-professora minha, disse que nos anos 50 frequentava bailes de Carnaval até a madrugada. Numa noite, ela voltou sozinha para casa e notou que tinha um homem seguindo a sua pessoa. De repente, apareceu uma menina, de uns cinco anos de idade, que mordeu e chutou o homem do nada. Esta senhora falou que talvez seja o fantasma de Giovana que tenha tomado esta atitude.
Abaixo o link com a música e o clipe da cantora Sandra sobre esta história sobrenatural:

 

Luciana do Rocio Mallon / @lucianadorocio

“Lendas do Universo”, toda sexta-feira, às 20 horas, no BDI.

O livro da autora 

Mande seu e-mail para Luciana : lucianadorocio@bastidoresdainformacao.com.br