Lenda do Fantasma da foto fake

lendas do universo

Paulo era um jovem bonito, porém muito tímido. Por isto, ele apenas namorava através da Internet. Ele gostava de entrar em comunidades digitais virtuais atrás de fotos de mulheres sensuais. Mas apesar de ter mais de 2000 pessoas do sexo feminino no seu perfil, este rapaz se sentia sozinho porque apenas três mulheres bem mais velhas falavam com ele pelo computador.

Um dia, lendo mensagens num grupo virtual machista, este homem viu a dica de que uma das melhores táticas para conquistar meninas no mundo cibernético era criar um perfil fake feminino fingindo ser lésbica.

Paulo, não perdeu tempo, criou uma personagem chamada Rosa Violeta e procurou no Google a foto de uma moça loira. Assim ele foi adicionando mulheres, mas vários homens queriam falar com sua nova personagem. O interessante é que Paulo passou a ser paquerado, na vida real, logo depois que inventou esta personagem falsa na rede social. Tudo estava bem até que uma garota com um perfil misterioso, chamada Branca Esmeralda, solicitou amizade cibernética com Paulo. Conversa vai e papo vem, ele notou que seus gostam combinavam. Até que o jovem pediu para que a moça se mostrasse na câmera, porém ela só aparecia do pescoço para baixo.

Num feriado, seus pais resolveu viajar para o sítio no interior e Paulo permaneceu para cuidar dos negócios da família online. Mas como a procura estava baixa, ele passou o feriado inteiro falando com a namorada virtual. Então ela deu o seu endereço real para que ele fosse visita-la. Quando Paulo chegou ao local, uma senhora atendeu e o rapaz perguntou-lhe:
– A Branca Esmeralda, está?
A idosa respondeu:
– Esta menina viajou.
O moço indagou:
– Viajou para onde?
A anciã respondeu:
– Para o céu!
O homem disse:
– Uma cidade chamada Céu?
A velha explicou:
– Para o Céu mesmo. Pois, ela morreu num acidente de trânsito junto com os pais há cinco anos.
– Aliás, quer ver uma foto dela para tirar esta cisma?
Deste jeito, a idosa foi para a cozinha e voltou com uma foto.
O moço olhou assustado e gritou:
– Mas, esta é a foto do meu perfil fake!
A anciã explicou:
– Não entendo destas coisas de Internet. Apenas sei que minha neta morreu com meu filho e minha nora num acidente, numa estrada, neste mesmo feriado. A coitadinha nem tinha namorado. Éramos apenas nós nesta família.
Paulo saiu correndo, entrou em sua casa e foi direito para o computador tentar contato com Branca Esmeralda. De repente, ele sentiu um calafrio atrás e quando se virou viu sua namorada virtual que comentou:
– Este é o destino dos homens que usam fotos fakes, de mulheres que já morreram, na Internet. Porém o problema foi que me apaixonei por você.
– Por favor, me dê a sua mão que eu levarei você para um lugar muito bonito…
Quando os pais de Paulo chegaram, o jovem estava morto na frente do computador. Mas havia um perfil de casal com a foto deste homem com uma garota na tela. O nome do perfil era: Paulo e Branca – Amor Além da Morte Graças a uma foto fake.

Luciana do Rocio Mallon / @lucianadorocio

“Lendas do Universo”, toda terça-feira, às 13 horas, no BDI.

O livro da autora 

Mande seu e-mail para Luciana : lucianadorocio@bastidoresdainformacao.com.br