Lenda da Princesa de Vidro do Jardim Botânico de Curitiba

lendas do universo
Nos anos oitenta, na Vila das Torres em Curitiba, havia uma menina muito delicada que tinha um problema conhecido como ossos de vidro. Por isto, ela recebeu o apelido de: Cristal, a Princesa de Vidro.
Como esta garota era carente, trabalhava como catadora de lixo para ajudar a sua família. Porém, as coisas de que Cristal mais gostava de pegar eram: vidros e garrafas velhas, tanto que ela montou um instrumento musical, um tipo de xilofone com garrafas com água. Mas, como esta menina sofria maus tratos em casa, pelas suas irmãs, ela costumava brincar num terreno baldio localizado na Rua Ostoja Roguski. Lá esta criança resolveu construir um pequeno castelo feito de vidros e garrafas usados.
Através das suas saídas com seu carrinho de papel, Cristal conheceu duas cachorras: uma pit bull e uma outra labradora mestiça. Logo, ela adotou estes bichos, que viraram os vigias da construção de seu palácio de vidro.
Uma vez, esta pequena estava numa rua recolhendo lixo quando, de repente, avistou duas caixas. Ao abrir estes recipientes, a garota notou que existiam joias dentro deles. Então, ela pensou:
– Dividirei este tesouro dentro das garrafas do meu castelo de vidro. Mas, enterrarei este pequeno palácio, no terreno baldio, para ninguém descobrir.
Assim, Cristal escondeu as joias no mini-castelo, que ela mesma resolveu enterrar.
Alguns dias depois, a menina resolveu ir ao terreno baldio, sem a presença das cachorras. Porém, um homem matou a pobre e a enterrou ali mesmo.
Em 1991, naquele mesmo local, foi inaugurado o Jardim Botânico de Curitiba. Reza a lenda que a estufa de vidro em forma de castelo, inspirada no Palácio de Cristal de Londres, foi construída no mesmo local onde ficaram enterrados a miniatura do castelo de vidro junto com tesouro de Cristal.
jardim botanico curitiba
Dizem que várias crianças já viram uma menina que aparece e desaparece dentro da estufa e, também, falam que quando um menor se perde no bosque deste parque, o espírito de Cristal ajuda o pobre a voltar para sua família.
Estes dias, por incrível que pareça, tive o seguinte diálogo com uma moça do Nordeste, através de um programa de bate-papo, em uma rede social da Internet:
– Tia Lu, minha filha quer fazer uma festa de aniversário real com o tema Fronzen, e, por isto preciso saber quando faz geada aí em Curitiba. 
– Sua filha quer passar o aniversário em Curitiba?
– Ela quer uma festa real com o tema Frozen, até comprei a roupa de princesa Elza para ela. Só que como minha filha quer uma comemoração verídica, estamos pensando em sair, daqui do Nordeste, para viajar a um lugar que faça geada, ou, neve de verdade.
– Aqui, em Curitiba, costuma gear bastante em junho e em julho. 
– Tia Lu, será que alugam aquele local onde tem um castelo de vidro, que parece feito de gelo, localizado num bairro chamado Jardim Botânico?
– Eu acho que não alugam porque é público. Mas conheço firmas de festas que podem ter um cenário do castelo da Elza de Frozen. Inclusive este palácio transparente, aqui de Curitiba, ao qual você se referiu é uma estufa, que possui a Lenda da Princesa de Vidro.

Luciana do Rocio Mallon / @lucianadorocio

“Lendas do Universo”, toda segunda-feira, às 20 horas, no BDI.

O livro da autora 

Mande seu e-mail para Luciana : lucianadorocio@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta