Juliana Paes cai em golpe perde R$ 500 mil

Foto: Divulgação

A polícia de São Paulo investiga o golpe do qual foi vítima a atriz Juliana Paes, após assinar contrato com uma empresa chamada F2S Intermed de Negócios. Juliana depositou R$ 500 mil e foi surpreendida com o desaparecimento do homem que se passava por dono da firma. Outros enganados pelo esquema de pirâmide financeira, conforme as investigações, seriam o também ator Murilo Rosa e o jogador Luís Fabiano.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a atriz não chegou a tratar diretamente com o suposto golpista. O negócio teria sido acertado em maio de 2018, intermediado por um consultor financeiro da confiança de Juliana e que também foi vítima do golpe.

Na proposta consta que o dinheiro investido seria usado para comprar e revender carros, com rendimento de 4% a 8%, o que nunca aconteceu. Em maio deste ano, o Ministério Público de São Paulo (MPSP) pediu a prisão preventiva de três homens, sendo um deles o dono da F2S, e de uma mulher, esposa dele. De acordo com o MPSP, ela recebia, por meio de uma conta bancária pessoal, os altos valores que as vítimas depositavam para a F2S.

Deixe uma resposta