Jorge Amado abandonou o comunismo em 1955

Jorge Amado foi comunista tão radical que achava que o chefe Stalin era seu pai.
Ao descobrir como Stalin torturava os adversários políticos se desencantou com o comunismo.
Foi perseguido pelos comunistas brasileiros que tentaram eliminá-lo ,mas ele sobreviveu e declarou em vídeo que a ideologia era uma merda.