Irani, ex-atacante do Sport, morre aos 44 anos, devido à covid-19

Reprodução/Twitter

O ex-atacante Irani Pereira de Brito, do Sport Club do Recife  nos anos de 1990, morreu nesta quinta-feira (31), aos 44 anos, em decorrência de complicações do novo coronavírus (covid-19), no Hospital Getúlio Vargas, na capital pernambucana. Irani fez história no Leão da Ilha do Retiro com gols decisivos no tricampeonato estadual conquistado pelo clube entre os entre os anos de 1998 e 2000.

Na primeira primeira decisão da série de três títulos no Pernambucano, Irani balançou duas vezes a rede no embate contra o Porto, duelo que, até hoje, recebeu o maior público da Ilha do Retiro:  mais de 56 mil pessoas lotaram o estádio. Além dos estaduais, Irani conquistou pelo Sport o Campeonato do Nordeste de 2000, no qual marcou 17 gols com a camisa do clube recifense.

Irani despontou na carreira ao participar da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 1997, quando o time rubro-negro chegou às quartas de final. O ex-atacante teve passagens também pelo Internacional e Guarani.

Agência Brasil

Deixe uma resposta