Imprensa esqueceu aglomeração de protesto “anti-fascista”

Primeiro, aquele povo sequer sabe o que é fascismo, mas foram à Paulista reclamar de Bolsonaro. As mesmas torcidas organizadas conhecidíssimas pela violência histórica foram lá no alto da hipocrisia vender a imagem de lado certo cheio de paz.

Depois, espancaram alguém que “é do ódio”, que não pensa como eles. O fato mais curioso é que, enquanto a imprensa fica falando de Jair em cavalo, ninguém da mídia se importou com a aglomeração na Paulista. Eles se esquecem dessas coisas quando lhes é conveniente.

Se esses veículos de comunicação enxergam, ao longe, dois aliados de Bolsonaro se cumprimentando ou se abraçando, vira matéria de 12 minutos.

Deixe uma resposta