Honda prepara atualização do motor para testes

(Foto:Reprodução)

Com duas corridas disputadas em 2017, a McLaren segue o drama iniciado desde o começo da parceria com a Honda, e tem a sua pior abertura de temporada desde 2000, somando três abandonos entre seus dois pilotos.

O frágil motor japonês continua sendo o principal problema da equipe de Woking, e para tentar amenizar o déficit de desempenho a fabricante prepara algumas atualizações. 

Segundo o próprio dirigente, o grande problema do propulsor está na potência em si, e não na parte elétrica. A atualização vem para amenizar as críticas de Fernando Alonso, que exigiu melhorias que sejam evidentes na pista ao invés de apenas dados e gráficos.

A expectativa entre os japoneses é de que as mudanças já sejam implementadas para o GP da Rússia, quarta etapa do campeonato.

Deixe uma resposta