Hélio decide e Vasco derrota o Flamengo e força o terceiro jogo na final do Carioca

Hélio

(Foto:André Durão)

Quando a bola subiu, o peso dos últimos dias parecia encher o ginásio de São Januário de tensão. Todas as discussões da primeira partida e a indefinição sobre a data e o local do segundo confronto criaram um clima ainda mais nervoso para o duelo entre Vasco e Flamengo na noite desta quinta-feira.

Depois de um início muito ruim, porém, o time da casa encontrou fôlego para se mostrar forte. Com as mãos certeiras e uma atuação incansável, Hélio ditou o ritmo da equipe à vitória por 104 a 98. O Cruz-Maltino, então, se mantém vivo e força o jogo 3 da final em busca do título do Campeonato Carioca.

O terceiro jogo segue indefinido. A partida estava inicialmente marcada para sexta-feira. O Flamengo, que tem o mando de quadra, quer levar o jogo para o ginásio do Tijuca, com portões abertos.

O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) afirmou não ter contingente para garantir a segurança, por conta da partida entre Fluminense e Vitória, pelo Campeonato Brasileiro de futebol, no Maracanã.

No sábado, a situação se repete: Botafogo encara o Coritiba, no mesmo local. O Rubro-Negro ainda tenta a liberação, mas o mais provável é que a partida seja marcada para a próxima semana.

Vice-presidente de esportes olímpicos, Alexandre Póvoa, porém, fala em um “acordo de cavalheiros” com a Liga Nacional de Basquete para que todos os estaduais terminem até o dia 30 de outubro, por conta do NBB. Não há, no entanto, nenhum impedimento contratual para o adiamento.