Futebol pernambucano vive sua pior crise

Foto: Divulgação

O último fim de semana não foi nada agradável para o futebol pernambucano. Na Série B do Campeonato Brasileiro, Náutico e Santa Cruz foram rebaixados para à Série C 2018. O que mais me assusta é que o Santa Cruz em 2006 disputou a primeira divisão, em 2007 caiu pra segunda, 2008 para a terceira e em 2009 para à quarta. Agora, parece que o clube está caminhando novamente por esse caminho perigoso. Jogou Série A 2016, Série B 2017 e Série C 2018. Uma pena.

Já o Náutico que foi rebaixado para à Série B em 2013 não conseguiu nesses quatro anos a vaga para a primeira divisão. No ano passado a equipe bateu na trave, ficando na quinta colocação. Quando tudo parecia que nessa temporada a equipe pudesse novamente brigar pelo acesso, entrou em uma grave crise financeira e foi rebaixado para à Série C 2018.

Foto: Divulgação

Outro grande de Pernambuco, o Sport pode ser rebaixado. A equipe faz um segundo semestre muito fraco e segue firme e forte na zona do rebaixamento da Série A. Com certeza essa é a maior crise que o futebol pernambucano vive.

 

Comentário de Leandro Leite