Funcionário “braço direito” de Sílvio Santos morre após contrair Covid-19

Foto: Divulgação

Luiz Felipe Agostinelli, quase um braço direito de Sílvio Santos, morreu aos 74 anos após contrair a Covid-19.

Ele atuava como coordenador do departamento de chamadas do SBT e, devido à pandemia, foi afastado por pertencer ao grupo de risco, informou o site Notícias da TV. 

Agostinelli foi sepultado na sexta-feira (12), informou a emissora de Sílvio Santos.

Luiz trabalhava no SBT desde sua a inauguração, em 1981, após ter atuado na Record e na Band.

Deixe uma resposta