Filosofia da Bola

Foto: torcedores.com
Foto: torcedores.com

O paulistano comemorou neste dia 25 de janeiro o aniversário da sua cidade, acompanhou a final da Taça São Paulo de Futebol Júnior e vê o Flamengo bater o Corinthians nas penalidades. Mas, independente do campeão, vamos analisar a campanha e o comportamento das duas equipes durante a competição.

Para começar, tanto Flamengo quanto Corinthians chegaram nesta final por méritos, são duas grandes equipes com bons jogadores no aspecto individual e coletivo. Os dois invictos na competição com números expressivos. Mas o que será a partir de agora, após a aparição na maior vitrine do futebol de base? É interessante perceber como as duas equipes jogaram como “gente grande” muito parecidos às suas equipes profissionais, mantendo a filosofia de trabalho também nas categorias de base. Não se pode dizer que a maioria dos jogadores já está preparada para ascenderem ao time profissional, mas com a filosofia imposta, fica bem mais fácil este processo.

Depois do (inesquecível) 7×1, vários pontos foram modificados no futebol brasileiro, que podem dar resultado num futuro próximo. Os treinadores “abriram” os olhos e as mentes. Assim como Matheusinho, que vai trabalhar com o elenco profissional do América Mineiro, Augusto e Kauê também devem trabalhar com os profissionais do Palmeiras, Corinthians e Flamengo têm bons jogadores que já podem subir e trabalhar com o elenco profissional, basta os superiores confiarem.

Envie seu e-mail para o colunista: deyvidxavier@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta