Filme independente de mundo pós-apocalíptico ganha elogios na web

Remanescentes, este é o nome do projeto independente do canal Friends Group. A galera se supera a cada vídeo e dessa vez chegamos num divisor de águas da história do canal. Um projeto ousado e bem executado, assim é podemos definir o filme.

 

Numa América do Sul completamente devastada e pós-apocalíptica, um grupo de exilados luta para sobreviver em meio a um cenário cruel e violento, onde a vida humana e os questionamentos morais já não tem mais significado algum. Temos uma boa sacada de roteiro, logo no começo do filme vemos os personagens que darão o tom pra história (prestem atenção neles) O Desenvolvimento é rápido e logo você já está ambientado. Como sempre, a produção do Friends não decepciona no quesito ação e em remanescentes temos cenas bem executadas com muito sangue, armas e mortos-vivos. Outro ponto alto são os diálogos, o filme não se leva pra outro horizonte a não ser mostrar que a vida humana não vale mais de nada, e também as cenas onde os personagens lembram de seus familiares que contavam como era o tal “Velho mundo”.

E houve uma cena que me fez derramar uma lágrima, a cena onde o personagem Luiz (Arthur Guimarães) vê uma fotografia, foi algo que em meio aquele universo violento nos faz pensar que até mesmo o mais bravo deles ainda tem um coração. Como disse anteriormente, o curta traz surpresas por parte do desenvolvimento dos personagens, e logo de cara já vemos que existe muita história que não foi explorada nesse primeiro momento, já temos um universo estabelecido, não é de fato uma origem. A Personagem Alice, me lembrou um pouco a Michonne, da série The Walking Dead (Apesar de eu não acompanhar a série, vejo algumas cenas soltas) seja por seu visual ou por ser durona, Rebeca Gonçalves mandou super bem na atuação. A Direção de Felipe Paixão é sólida e consegue dar o tom que aquele universo precisa, seja nos enquadramentos ou nas tomadas de paisagens por exemplo, nos dão a impressão de que ainda temos “vida” tentando brotar e a “câmera nervosa” característica dos vídeos da Friends aqui tem um papel quase solo no curta. A Fotografia é escura, sufocante, um ponto que não precisa nem de 2 minutos de cenas pra você já entender qual clima querem te apresentar. O Filme encerra deixando algumas pontas soltas que eu tenho certeza que será fechada numa continuação (Alô, Friends!). No geral, Remanescentes  pela qualidade que é apresentada em quase 40 minutos, ainda mais por se tratar de uma produção independente, feita apenas com a boa vontade de um grupo de amigos sonhadores. Desde já, já deixo aqui minha admiração por essa galera, pude acompanhar uma vez o trabalho deles de perto e é notório o amor de cada um pelo que fazem, é de pessoas assim que o nosso cinema nacional precisa, de ousadia, de gente empenhada e que vai atrás do que quer! Espero ver uma continuação dessa história. E os elogios no vídeo foram esmagadoramente positivos, assim como nas redes sociais, Parabéns Friends!

E para assistir ao curta, só dar o Play:

Deixe uma resposta