Ex-secretário de Cristina Kirchner é encontrado morto na Argentina

Foto: Divulgação

Um ex-secretário particular da vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, foi encontrado morto no último sábado (4), após mais de uma semana desaparecido. De acordo com as autoridades, o advogado Fabián Gutiérrez, 46 anos, sofreu tortura, levou pancadas na cabeça, três facadas e morreu por asfixia.

O corpo foi encontrado em uma casa na cidade de El Calafate, na província argentina de Santa Cruz, onde Cristina e seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner, possuem propriedades e uma rede de hotéis.

De acordo com Gabriel Giordano, advogado da família de Gutiérrez, o ex-secretário dos Kirchner estava sendo vítima de extorsão. A polícia investiga as causas do crime e trabalha com hipóteses de crime político ou passional.

Giordano diz que apresentou à polícia “evidências concretas da extorsão” e que a família pedia que o crime não fosse explorado de modo sensacionalista.

Deixe uma resposta