Eurico Miranda e Roberto de Andrade são contra Sul-Minas-Rio

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Liga Sul-Minas-Rio teve, na tarde desta quarta-feira, foi criticada pelo presidente do Vasco, Eurico Miranda e pelo presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, em uma audiência pública da CPI do Futebol.

Eurico Miranda classificou a Liga Sul-Minas-Rio como elitista, quando foi convidado a uma audiência pública na mesma comissão.

– Em meu tempo de militante do futebol, nunca vi nada tão ilegal e imoral. Você tem o calendário, bonitinho, colorido, para o ano todo e alguém chega e fala que não vai ser desse jeito. Se me chamassem para discutir essa liga, eu diria que não iria. Isso vai prejudicar muitas pessoas. Isso é um processo de elitização do futebol e serve para acabar com os chamados clubes de menor investimento. Esses, não sei, 12 clubes, vão jogar só entre si, o tempo todo, disse o presidente do Vasco.

Eurico disse que não é contra a criação de uma liga, desde que todos os clubes fossem contemplados. Já para o presidente do Corinthians, a falta de datas no calendário da CBF será um grande empecilho para a disputa da Sul-Minas-Rio.

– O Corinthians tem a mesma opinião do presidente Eurico (Miranda). Fui convidado para essa liga e neguei de pronto. Somos a favor de uma liga, sim, desde que se contemple todos os times do futebol brasileiro. Não sei de onde vão tirar datas para essa liga. Hoje, é preciso cumprir o calendário religiosamente, nem uma transferência de data a CBF te concede. Não é possível nem marcar um amistoso para conseguir uma renda extra para os clubes, disse o presidente do Timão.

Deixe uma resposta