EUA aprovam uso emergencial da vacina da Pfizer

Foto: Rafael Henrique/ Getty Images

A FDA, agência reguladora de medicamentos e alimentos nos EUA, autorizou nesta sexta-feira (11) o uso emergencial da vacina contra Covid-19 produzida pela Pfizer em parceria com a alemã BioNTech.

A chancela deve permitir que a vacinação nos EUA comece na próxima semana, com profissionais de saúde e idosos que vivem em casas de repouso.

O aval da FDA foi dado em meio à pressão da Casa Branca, um dia após o comitê consultivo independente da agência ter recomendado o uso emergencial da vacina no país.

A expectativa era de que a FDA desse sua palavra final até domingo (13), mas o governo americano usou inclusive de ameaças de demissão para que o processo fosse acelerado mesmo que em algumas horas.

Na manhã desta sexta, o presidente Donald Trump atacou a FDA, chamando a agência de uma grande, velha e vagarosa tartaruga.

“Parem de brincar e comecem a salvar vida”, escreveu Trump em sua conta no Twitter que, durante quase toda a pandemia, minimizou a crise e não se solidarizou com as mais de 280 mil vítimas de Covid-19 no país.

Até agora, Reino Unido, Canadá, Bahrain e Arábia Saudita já autorizaram o uso da vacina da Pfizer-BioNTech.

Deixe uma resposta