“Eu me tornei um profissional melhor”, diz Júlio Cesar

Cesar-Granja-Comary-Mario-Farache_LANIMA20140527_0050_25
(Foto: Mario Farache/ Mowa Press)

Júlio Cesar falou por mais de 50 minutos no início desta tarde, na Granja Comary. Naturalmente, ele foi quem recebeu o maior número de perguntas ao lado de seus dois reservas, Jefferson e Victor. O camisa 12, que deverá começar a Copa do Mundo como titular, comentou o impacto que a derrota por 2 a 1 para a Holanda, em 2010, teve sobre sua vida. Na ocasião, ele saiu mal no primeiro gol marcado pelo meia Sneijder.

– Posso falar que me tornei um profissional melhor, mais focado. Quando as coisas acontecem positivamente na carreira, você acaba relaxando um pouco. Cheguei muito autoconfiante em 2010 por tudo que aconteceu no Inter de Milão (seu clube na época) e pelo que a mídia criou em torno. Às vezes, autoconfiança atrapalha.

O goleiro sabe que está questionado. Enquanto seus concorrentes brilham no Botafogo e no Atlético-MG, ele foi para o Toronto após não conseguir acerto com outro clube. O fato de ter disputado apenas sete partidas neste ano e ter tido vários problemas nos últimos quatro anos, somado à falha contra a Holanda, colocam Júlio Cesar em xeque. Mesmo assim, ele diz estar melhor do que em 2010, quando era considerado o melhor goleiro do mundo.

– Hoje, me sinto mais preparado. Tirei muitas coisas positivas daquela adversidade. Tive problemas com a Inter de Milão, o QPR (seu clube anterior, na Inglaterra), mas nessas horas tive muita força para estar aqui hoje. Chego bastante questionado, mas feliz por estar em mais uma Copa do Mundo e no Brasil. O que eu combinei comigo mesmo aconteceu.

O titular também comentou sobre a Brazuca, bola que será usada no Mundial. Em 2010, ele foi um dos críticos mais severos da Jabulani. Agora, fez elogios e disse que o fato de a mesma bola ser usada na MLS, liga americana da qual ele participa, o ajudou na preparação.

– Eu já vinha treinando e jogando com ela, isso me ajuda bastante a desempenhar bons trabalhos aqui. É uma bola boa, acho que os jogadores de linha vão gostar.

 

Deixe uma resposta